O ensino, cada vez mais distante?

 A internet leva o conhecimento cada vez mais distante, em um click o professor leva o seu conhecimento a pessoas ou colaboradores em todos os cantos do planeta, ou quase todos. Mas será que a forma de “trabalhar” a informação esta correta?

 

Se você leu a frase abaixo, é porque seu cérebro foi condicionado para "ver" o conjunto inteiro, simplificando e agilizando o processo de leitura. Só que as pessoas fazem suas "leituras" de maneiras diferentes e isso é um pouco do que vamos abordar.

 

 

 

Em uma aula de filosofia, certa vez, a professora tinha um livro em suas mãos e perguntava aos seus alunos o que viam? Muitos alunos olhavam para o livro na mão da professora e viam apenas um livro; outros, o conhecimento ou o despertar para um futuro; alguns viam um problema, ter que ler…, mas a metáfora ao qual a educadora nos remetia era a seguinte: pessoas em posições diferentes veem coisas diferentes.

Como consultor em EAD, sempre questiono: qual a melhor forma de “chegar” até o aluno ou colaborador, passar o conhecimento e mantê-los motivados? 

 

Não vejo o ensino atual como algo motivador. É muito chato o aluno ou colaborador chegar a uma instituição de ensino e ficar horas estudando algo que muitas vezes será esquecido. Temos que ser mais incisivos e fazer com que as pessoas tenham gosto pelo o que vão aprender, mas principalmente, passem a pensar…

 

Se me permitem, em outra breve analogia, se usarmos uma “máquina do tempo” para transportar um médico do início do século passado para fazer uma cirurgia nos tempos atuais, dificilmente ele teria condições de operar. Existem muitas “barreiras” tecnológicas nos hospitais, são: computadores, exames, tomografias computadorizadas, ressonâncias…, já, se fizermos a mesma coisa com um professor, esse por sua vez, poderia perfeitamente dar aula nos tempos atuais sobre muitas matérias. Os avanços tecnológicos para transmitir o conhecimento talvez sejam que o quadro negro ficou branco, o giz foi substituído pelo pincel e a mochila ganhou muitos livros pesados e uma rodinha fantástica…, mas as características principais e a fórmula de desenvolver o conhecimento e fazer as pessoas raciocinarem, continuam as mesmas. 

 

A internet é o melhor caminho para reduzir a distância e aproximar as pessoas do conhecimento e do saber.

 

Na iSchool, escola de Nova York criada em 2007, possui um alto índice de aprovação dos alunos em universidades. Esse feito só foi conquistado pela estratégia adotada na escola, que foi repensar a educação e adequá-la à nova realidade dos alunos. Segundo a diretora, Isora Bailey, as crianças passam a maior parte do seu dia conectadas à internet, seja na escola ou em suas casas. O sucesso do projeto é baseado em um software que registra e centraliza as informações pertinentes de cada aluno em suas atividades escolares. Desta maneira, os professores e tutores podem trabalhar a individualidade do aluno, motivando-o e ajustando o conhecimento de acordo com as suas necessidades.

 

Nas empresas, também, não podemos trabalhar o conteúdo e ferramentas utilizadas para levar um treinamento para o chão de fábrica e para um nível gerencial da mesma forma. O aprendizado, bem como os locais de trabalhos são diferentes e necessitam de tratamentos distintos para cada caso; seja online ou offline, impresso ou na rede.

O EAD (ensino a distância) é um caminho sem volta e engana-se que tenha começado agora com o uso da tecnologia, ele existe há mais de um século. A diferença é que antes era feita por meio de impressos, às vezes enviados por meios postais, depois veio o rádio e a TV e, hoje, temos como auxílio e o complemento dessa fantástica ferramenta, a internet (com chats, aulas ao vivo, estúdios virtuais, vídeo + pdf, ppt, desenhos 3d, 2d, html5, scorm…).

 

Instituições de ensino e empresas aos poucos se rendem ou adaptam-se ao EAD para reduzir os custos com os alunos ou a capacitação dos colaboradores. Os valores para implementar o sistema interno (plataforma, conteúdo, tutoria, montagem dos cursos…) já reduziram muito e são totalmente viáveis a todo tipo de empreendimento. Com a consultoria certa, a solução pode ser desde a criação de um setor especializado na empresa ou "projetos em redes", por meio de sindicatos ou associações e, assim, resolver os problemas mais comuns a um determinado setor, em conjunto.

 

O certo é que vamos aprender muito e espero que possamos fazer isso juntos.

 

Um grande abraço,

 

Gerson Fragoso Patrício

Consultor em EAD

 

Video-proposta apresentada ao SINDUSCON MG,. Nela explicamos um pouco do que pode ser realizado para a sua empresa, sindicato ou associação.

 

 

 

Please reload

Posts recentes
Please reload

Procurar
Please reload

© 2015 Todos os direitos reservados.

Tel.: WhatsApp [31] 9.9798.8111  |   Belo Horizonte   |   neo@neocomunicacao.net

  • Facebook - Black Circle
  • issuu.png
  • YouTube - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle